O Poder do Podre

Para se conhecer uma pessoa, dê poder a elas.

Sempre foi assim… veja o nosso digníssimo presidente. Proletário, metalúrgico, coitadinho, não tem um dedo… agora que é presidente, tão bonzinho… ingênuo… nem sabe o que se passa lá por Brasília. Tudo debaixo no nariz dele e ele nem aí.

Aqueles acima do bem e do mal. Principalmente advogados promotores e juízes.
Certa vez, ouvi o seguinte comentário de uma dessas pessoas:

“Eu sou promotor, não posso ser preso. Só se eu matar o presidente da República”.

Tratava-se de um senhor, visivelmente homossexual que queria doar sangue. Provavelmente a fim de saber se estava infectado ou não. Respondia às perguntas em tom ameaçador. Freud explica: mecanismo de defesa. Agride com medo de ser agredido.

Outra vez, uma recém empossada juíza federal ameaçou, indiretamente, dar voz de prisão a uma pessoa que estava “denegrindo” a sua imagem por expor uma foto dela, com aquele mosaico para não identificá-la, no orkut! E a ameaça de voz de prisão também foi feita pelo orkut por um amigo da pessoa, a qual era direcionada à “moleca”.

Coisas ridículas acontecendo no mundo, devido à essa coisa podre denominada PODER.

E o pior é que, com gente louca não se brinca… poder enlouquece. Veja o Michael Jackson… veja Britney Spears… veja esses promotores de justiça e os juízes… veja essa laia suja a qual o Brasil abriga. Veja esses eleitores incultos que elegem os nossos governantes.

Pelo amor de Deus, parem o mundo que eu quero descer!

Foot of Statue of Constantine

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s