Sobre mim

Eu sou baixinha e invocada. Ciumenta às pampas. Tenho hiperfoco, mas quando me desconcentro… Sou emotiva, eu grito, esculhambo, tremo, amaldiçoo, prometo vingança, mas depois esqueço. Às vezes, perdôo. Na maioria, não.

Criativa, hiperativa, sonhadora, escritora, louca, doida, varrida, e tudo o mais que seja sinônimo. Já disseram uma vez, excêntrica.

Eu tenho pena da Edith Piaf. Eu amo trabalhar no Hemopa. Eu tenho medo do You Tube. Eu gosto do Wolverine, e sou a Vampira. Também sou Borboleta, Bulma, Arale, Athena, Fada Sininho

Eu carrego dois pares de sapato no carro. Já enfiei o pé em um par preto e outro marrom. Já saí do carro com um alto e um baixo. Nunca saí descalça. Também tem uma blusa quadriculada lá que é para eu devolver para uma amiga que me emprestou para uma festa à fantasia. Algumas vezes, a amiga já freqüentou o carro, mas sempre se esquece de levar a tal blusa. Lá também tem um guarda-chuva florido cor-de-rosa. E dois cãezinhos de pelúcia: o Sharpei Gohan e o Beagle Théo. E o meu carro faz parte de mim. Embora eu não o reconheça no escuro. Hoje mesmo tentei abrir um carro cor de vinho. Só percebi depois do desespero de saber que o meu alarme não pegava e quando tentei enfiar a chave, mesmo com o risco de ele fazer o maior barulho, a chave não cabia. Era vinho o carro. O meu é vermelho e se chama Pablo Pimenta.

Tenho mais tempo livre em dias úteis que em finais de semana, mesmo que trabalhe 12 horas por dia. Faço francês aos sábados e sempre falto para trabalhar. Minha melhor amiga é quem me salva e me dá aulas particulares, em meio a mil assuntos que temos que atualizar quase todos os dias… e a mãe dela sempre me enche de comida. E me acha linda por eu ser quase dez quilos mais gorda que a filha dela.

Eu pago as minhas contas desde que comecei a trabalhar. É por isso que eu trabalho tanto.

Eu falo muito. deveria mudar o nome deste blog para Muitas Palavras. Eu sou meio borderline, ou seja, mudo de humor drasticamente durante o dia. Se hoje eu te odeio, amanhã lhe tenho amor, e tenho horror, eu faço amor, eu sou um ator!. Dramatizo mesmo, apesar de eu considerar que a minha vida é uma comédia.

Continua…
ou não!

Advertisements

3 pensamentos sobre “Sobre mim

  1. Haha. Essa do carro foi ótima. Eu acho q faria a mesma coisa. Já até disse q se eu morasse num desses condomínios de casas iguais, eu nunca ia saber qual era a minha! 🙂

    Adorei a descrição.

    (Menina, vc precisa trabalhar menos!)

    beijocas

  2. Pingback: Doze « Poucas Palavras

  3. Ai, meu coração disparou agora!!!!! Explico: tava lendo o outro post e te achando mto legal, como falei lá no comentário. E agora lendo este, estava me identificando muito com você. Aí de repente leio que você se diz meio “borderline”… Guria, eu sou borderline, com diagnóstico da minha psiquiatra e tudo. (Ela demorou a me dizer que era isso que eu tinha, pq sabe como é, pra eu não ficar procurando coisas sobre o assunto na internet e ficar me apavorando). Mas eu nunca tinha conhecido alguém que se intitulasse border ou ao menos que usasse essa palavra! É muita emoção. Eu já chorei vendo comercial de ração. E agora está passando o mesmo clipe gangsta de ontem qdo eu tava falando contigo no msn!!!! Uooouuu…. medo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s