Dix Jours de Malade

Há dez dias estou doente. Primeiro o piriri, depois, a gripe.

Ainda acho que tudo teve fundo emocional, e agora que está tudo melhorzinho, eu estou melhorzinha também, depois de ter perdido um quilo pela privada, trago comigo uma voz rouca e uma meia-surdez – aqui em Belém diz-se “meio-moco” – e um tantinho fanha.

A boa aquisição foi que, no dia em que descansei (nos dez dias de doença, eu só faltei três dias), eu fucei o orkut (depois de ter-me orkuticidado duas vezes em apenas uma semana) e acabei achando duas coisas interessantíssimas.

Uma é altamente comentável. Tal de O Teatro Mágico, banda de músicas altamente poéticas que fazem um show teatral lindo. Estou apaixonada por essas músicas e juro que caso com o primeiro que me cantar Menina, sinceramente, com o violão e o olhar patognomônicos de homem-que-ama.

A outra não é comentável, muito menos recomendável, mas altamente interessante ;).

E, às duas, eu devo à minha amiga Anna que escreveu, certa vez, sobre uma música deles, Ana e o Mar, que foi a primeira pela qual me apaixonei. Primeira de várias, já que Na Varanda, Cuida de Mim e O Anjo Mais Velho também fazem parte das preferidas.

O Teatro Mágico

“Só enquanto eu respirar,
Vou me lembrar de você.
Só enquanto eu respirar…”

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s