Incondicional

“Sei, tanto te soltei
Que você me quis

Em todo lugar
Lia em cada olhar

Quanta intenção
Eu vivia preso!

(…)
Os dias que eu me vejo só são dias

Que eu me encontro mais e mesmo assim
Eu sei tão bem: existe alguém pra me libertar!”

(Condicional – Los Hermanos)

Sabe quando se gosta de uma pessoa sem ela merecer? Aquele que te trocou, humilhou-te, fez-te sofrer… mas quando você o vê – mesmo de longe – o coração vai até a boca? Só por gostar mesmo? Era isso o que eu tinha para falar e não falei. Preferi calar.

Sabe quando você gosta de uma pessoa por tudo o que ela faz? Por você brigar com ela e ela ligar depois preocupada com você para perguntar se está mais calma? Ou ligando depois que você sumiu para perguntar se você esqueceu dela?

Eu amo condicional e incondicionalmente, duas pessoas diferentes…

Um pensamento sobre “Incondicional

  1. Depende do tipo de amor, como no amor por amigos, creio ser possível amarmos dois amigos diferentes. Agora (pelo menos para mim) é impossível termos realmente amor (paixão) por mais de uma pessoa. Podemos até sentir atração por vários tipos de pessoas, mas sempre há aquela que irá tocar mais fundo o nosso coração, caso contrário seria um pecado o amor, mas quando desperdiçado. Se insistirmos em amar quem não merece, estaremos disperdiçando o amor. Isso é pecado, quese um crime! =P

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s