Resposta II

Aqui estou eu, caindo no mesmo erro de algumas semanas antes, quando me escondi, feito uma criança que quebrara um vaso de estimação da dona da casa.

Mas como não fazê-lo, se pedes por respostas o tempo todo?

Esta relação é quase unilateral. Poderia arriscar dizer que é um-e-meio-lateral (bilateral, não é!); afinal, de vez em quando apareces para deixar-me zonza, sem-graça, revoltada e arrependida de ter expressado qualquer coisa ao teu respeito.

Não é minha escolha seguir-te. Por onde vou, encontro o teu nome. Por onde navego, vejo o teu barco, a mesma bandeira, o mesmo condutor errante de sorriso largo, os mesmos marinheiros…

Talvez este mar não seja tão grande como pensamos. Ou talvez seja, e essas ondas teimem em chocar-se, de encontro mesmo, causando estragos no meu pobre barco a vela de isopor.

O certo é que eu não quero seguir-te, porém, é inevitável.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Resposta II

  1. Uh, quem pede por respostas?

    Menina… vc se acha louca de querer ver a animação no cinema? E eu q já vi o Kung Fu duas vezes no cinema, já comprei o Pô e o Mestre Shifú (sei lá se é assim q se escreve) no McDonalds. Sou uma criança feliz! hahahaha 🙂

    beijinhos

  2. Pingback: O Santo Antônio Roubado « Poucas Palavras

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s