Nemo

Em 2000, eu montei um site de letras de música. Site bobo, cheio de frufrus, coisa de adolescente.

Certo dia, recebi um e-mail de uma pessoa da Sérvia que procurava por uma música do Cazuza, e além disso, a tradução para o inglês. O nome terminava com A, dizia ser porfissional de dança, adorava novelas e eu jurava que se tratava de uma mulher.

A troca de e-mails, experiências, cultura internacional era constante. Até que um dia, a pessoa me mandou uma foto. Então descobri que Nemanja (lê-se: Nemanha), na verdade, era um homem, que gostava de metal melódico, mpb, e arte.

Lembro que em 2004, eu tinha um namorado que morria de ciúme quando via que eu recebia uma mensagem dele. Olha que ridículo! é que eu recebia a mensagem por celular, e ligava de volta para dizer que havia recebido.

Em um certo aniversário meu, há dois anos, ele me ligou e falou em português:

“Alô, a Jazz está?” – eu o havia ensinado, por email, a escrita e a fala (assemelhando os fonemas com a fala em inglês) e o carinha foi tão inteligente que absorveu tudo,a té o sotaque paraense!

Eu respondi “é ela”. E ele falou “This is Nemo!”. Foi, sem dúvida, o melhor presente de aniversário que tive!

Registro da carta que eu enviei anexada a um Guia Turstico da minha cidade, com tradução para o inglês.

Registro da carta que eu enviei anexada a um Guia Turístico da minha cidade, com tradução para o inglês.

Até que ele arrumou uma namorada ciumenta, que nem aquele meu namorado-idiota; só que ele se rendeu aos apelos dela e afastou-se de mim.

Hoje eu lhe enviei um e-mail com apenas duas palavras. “Miss you” e ele me respondeu imediatamente. Depois em enviou mesnagens perguntando se aquele ainda era o meu número. Depois ligou e, depois de anos, eu escutei a sua voz e o seu inglês carregadíssimo de sotaque sérvio.

Juro que tenho umas aulinhas aqui no PC de Sérvio. Até hoje eu me lembro que em Sérvio, “Obrigado” é  “Hvala” (Ruála) e Feliz Páscoa é “Hristros Voskrese” (fala-se: Riristros Vosscrese) – lá eles também são católicos, mas ortodoxos e não apostólicos romanos. E nessa época eu sabia contar até dez e também sabia com detalhes sórdidos, tudo sobre a guerra dos Bálcãs. Uma pena que eu deletei o blog antigo, onde eu relatava tudo isso…

Estou muito feliz, como eu disse para ele “you’re back into my life”.

4 pensamentos sobre “Nemo

  1. Que legal sua história! Eu também tenho um grande amigo virtual. Mas ele não mora tão longe: é um mineiro de Juiz de Fora, hehehe. Nos conhecemos pelo mIRC, há 5 anos e meio. Ele é um dos meus melhores amigos, aquelas pessoas que sabem tudo da minha vida, sabe??

    Meu namorado também tem ciumes, mas purfa, era soh o que faltava brigar por causa de uma amizade virtual neh. Pra mim, um amigo virtual representa tanto perigo quanto um amigo gay! ehuaheahuehuea

    Beijos!

  2. Também gostei da sua hist!

    Acho legal essas amizades virtuais…

    e também já te considero uma! =P

    Qualquer dia desses poderíamos fazer um encontro de todos os blogueiros amigos! =) Até que seria uma loucura legal…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s