O amor egoísta e o AMOR

Leia, ouvindo Pra Terminar – Ana Carolina.

Acho que foi em um dos textos do Dalai Lama que eu li algo sobre o que é AMAR. E pensando sobre isso, juntei tudo o que já vi já senti e cheguei a conclusão do que é o básico:

AMAR é fazer alguém feliz.
Simples assim. Sem mais nem menos. Sem outras complicações.

É claro que junto do AMAR, pode vir o amor egoísta. Porque é óbvio que fazer alguém feliz faz bem pra gente também então queremos muito amar o próximo.

Contudo o AMAR é diferente. Ama sem pensar no retorno. Ama sem fazer nada para si, sem exigir e para isso – ignorar ou sublimar o “amor egoísta” é preciso aprender.

No passado, eu aprendi a amar quando terminei o me primeiro namoro. Ele ja não estava feliz comigo, eu já não estava feliz por isso. Foi bom que terminássemos. Agora ele é mais feliz e eu aprendi a ser feliz sem ele do meu lado. AMO-O e quero vê-lo feliz seja com quem for.

Ontem, depois de mais uma das minhas demonstrações do amor egoísta que ainda sinto, o Meu Amor me deu uma grande lição de AMAR. Sim, eu tenho certeza de que ele me ama. Sempre tive desde que o conheci. Óbvio que a minha parte egoísta e insegura à vezes duvida disso, mas a minha alma sabe que sim.

Então é hora de AMAR, mais uma vez. Esperar, compreender e rezar. Sim, rezar. A fé sempre esteve comigo desde o início, neste amor. Santo Antônio deve ter ajudado o encontro. Buda deve ter patido palmas também. E foi nessa que eu li o bilhete do Lama.

AMAR é fazer alguém feliz.
E não custa nada seguir as instruções. Por mais que doa, é o melhor que se pode fazer para deixar alguém feliz. Respeitar, mesmo que doa em você. Lembro sempre que por trás da frase citada, há uma imensa dose de altruísmo – no AMOR, primeiro vem o AMADO – se ele estiver feliz, você também vai estar.
Controle Remoto
Lembre-se de que um pause, nada mais é do que uma respiração a mais, para um recomeço como num filme. Pausamos porque precisamos – ou ir ao banheiro, ou atender ao telefone… – e quando o filme é realmente bom, sempre apertamos o play de novo, para assistirmos ao final. Que pode ser feliz ou não. O importante é voltar ao play para sabermos como é que termina essa história.

O stop a gente só aperta quando for guardar o DVD para asistir novamente, em um outro dia…

5 pensamentos sobre “O amor egoísta e o AMOR

  1. Amar é um sentimento de bem querer a outra pessoa que às vezes nos faz ver a vida de outra forma , mas não acredito que seja fazer outra pessoa feliz .
    Vc pode amar e fazer o outro muito infeliz também. Vc pode amar e o outro nem ficar sabendo. Vc pode amar e não fazer a menor diferença na vida do ser amado ou simplesmente não ser correspondido.

    Acho mais acertado dizer que amar é se sentir feliz em estar com outra pessoa mesmo que este não faça absolutamente nada p/ que isso ocorra. Beijos!

  2. amoree quero ouvir o que vc tem pra me contar, desculpa nao estar no msn quando vc precisou

    então ilustrator é da adobe, mas vc tb pode mexer pelo corel, vc sabe mexer?

  3. Oi Jazz, parabens pelos lindos textos.
    hoje lendo este especificamente me entendi melhor e gostaria q as pessoas me compreendessem.pq amo e quero acima de td que esta pessoa eja feliz, seja como ou com quem for.O q importa é vê-la feliz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s