Confiança: como investir

Para Kiks

Vejo a confiança como um investimento. Tal qual a bolsa de valores, deve ser estudada minuciosamente para que não haja prejuízos.

Só que ao contrário da bolsa, a confiança, tem um caráter meramente subjetivo e é justamente por isso, que uma vez quebrada, às vezes perdemos tudo o que foi depositado e não apenas o rendimento aplicado.

Confiança não se constrói, não se conquista – porque o que há de sedutores por aí, não é brincadeira! – apenas se dá! O importante é saber EM QUEM pode-se confiar. E como se aprende isso? Perdendo-a.

Há várias formas de perdê-la. E quanto mais a perdemos, mais difícil fica o ato de atribuí-la a alguém, pois há pessoas confiáveis. Assim como há as que não o são. E, os piores seres, são aqueles que são confiáveis apenas em uma determinada ocasião.

É preciso discriminar tais tipos. E isso é difícil. Eu sou das radicais: se uma pessoa trai uma vez, ela não é das confiáveis (nem vou querer saber se ela é confiável apenas em uma ocasião) ,então.. a postura frente a essas pessoas é de cuidado.

Quando eu era um pouco mais imatura, eu limava logo essas pessoas do meu círculo. Com o tempo, aprendi que é preciso apenas saber lidar com elas.

Não é necessário um afastamento total. Eu só evito a aproximação. Não procuro, trato com simpatia até, mas sem muita proximidade. Recuso convites, com educação.

Pessoas não confiáveis geralmente veem pelo em ovo (a nova ortografia me incomoda) e adoram criar situações para que você se enforque na própria corda. São cobras. Se atacadas, agem mesmo. E ferem.

Então, caros amigos, se há alguém assim em vosso meio, identifique-o. E guarde sua confiança para quem vale a pena, porque ela é valiosa e custa sim. E pode custar muito caro!

Quem trai um vez, trai duas. E é a ocasião que dá margem para tais atitudes.
Então, cuidado.

4 pensamentos sobre “Confiança: como investir

  1. Concordo com cada vírgula. E, realmente, são como cobras.

    Eu geralmente não excluo, só trato com mais cautela. Agora, no caso daquela minha “amiga” do post… ela veio com exigências de amizade, eu tive q ser franca e aberta e dizer q, do meu lado, não existia amizade mais pq ela perdeu minha confiança – e eu não dou de volta. Com ela eu até tentei, mas eu não consigo confiar…

    Agora eu ando beeeeeem mais cuidadosa.

    🙂

  2. Uma das leis do PODER é:

    – Se tiver que trair a confiança de alguém, traia um amigo, se for de fato seu amigo, mesmo não entendendo, perdoará.

    – Não se trai inimigos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s