Cadê o Amor?

Ouça Where’s The Love enquanto lê

Todos superestimam o amor. Deus só se manifesta através do amor que sentimos um pelos outros, dizem alguns livros. Se ninguém ama, existirá mesmo esse Deus?

Sim, a maioria das pessoas assume que ama, uma ou duas pessoas, quando isso deveria ser uma geral. Onde está o que os católicos aprenderam na catequese? O amar ao próximo como a si mesmo?

Hoje pessoas se unem, beijam-se, fazem sexo, mas não falam de amor. Gosto, mas não amo. Amor é muito forte. E O QUE É QUE ISSO TEM DE RUIM?

Eu não gostava de falar que amava até pouco tempo atrás, embora continue concordando que é desnecessário. Mas sabe neurolinguística? Quanto mais a gente fala, mais a gente reforça a ideia, mais ela fica forte e mais lembrada, mais, mais, mais. E amor nunca é demais.

O que deveria ser regra – o amor – hoje é exceção, raridade. E isso é uma pena… porque sem amor, surge logo o desrespeito, e crueldades são feitas porque ninguém pensa mais no outro, apenas em si.

Está aí, na internet, as redes sociais formando egos superexaltados, que causam inveja aos outros, e não mais a admiração. Um quer ser mais importante que o outro – esquecendo que o que importa é a equipe.

O Portal 11:11 avisa que todos somos um. O budismo avisa que para ser feliz, o amor deve ser manifestado de todas as formas, para todas as pessoas. A Bíblia avisa que o segredo da felicidade é a caridade, mesmo para com seus inimigos.

O amor é a única coisa que se multiplica quando a gente divide.

Então, sem economias por favor!

ACHOU

Investir
É cultivar o amor
Se despir
É ativar

Resistir
É aturar o amor
Insistir
É saturar

Aderir
É estar com seu amor
Adorar
É superstar

Aplaudir
Até sentindo dor
É amar

Quem puder
Viver um grande amor
Verá

Consentir
É educar o amor
Seduzir
É cutucar

Amarei!
É conjugar o amor
Não amei!
É enxugar

Avançar
É conquistar o amor
Amansar
É como está

Como estou
Com muito amor pra dar
Eu dou!

Quem estiver
Atrás de um grande amor
Achou!

(Ceumar canta por Dante Ozzetti e Luiz Tatit)

12 pensamentos sobre “Cadê o Amor?

  1. Linda canção e ótimo texto. Eu sou uma partidária do amor e não só do amor, como um sentimento, como muitos confundem com paixão. Mas acredito no amor como um escolha, dia após dia, ama-se também com a razão, com admiração, com doação, com negação da própria vontade para se atingir a vontade coletiva, da família, do grupo ou do casal. Amor é uma “coisa” muito grande e mais especial do que nossa estreita visão do dia a dia nos permite enxergar. Mas também não creio que por isso ele deva ser economizado, não! Deve ser somado, distribuído, alardeado, doado. Felizes aqueles que amam e não têm medo de demonstrar.

  2. Aprendi com uma amiga querida que o Amor existe sim…e que nao é a primeira vista como muitos pensam…que vem aos poucos, conforme vamos nos deixando conhecer e vamos conhecendo a outra pessoa…
    De uma hora para a outra dizemos o Eu Te Amo…
    Para que isso aconteca nao podemos ter medo de ser feliz…

  3. Amiga, adorei o texto.
    Eu amo, amo muito, e nunca terei vergonha de dizer e, principalmente, expressar esse meu amor. Amor pelo meu par, pela família, pelas pessoas, pelos animais, por todos que vivem. E que não vivem mais ( pelo menos não na nossa vida ). EU SOU UMA PESSOA 100% AMOR E CORAÇÃO, não me canso de dizer, não me canso de sentir!
    não impota a dor que eventualmente cause : eu sempre amarei.

    beijos amiga, te amo!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s