Prevenindo a Candidíase

Toda mulher já teve ou terá em alguma fase da vida, os sintomas desse bichinho que incomoda muito. A Candida albicans é o nome do  fungo responsável por tamanho estresse: aquela coceira insuportável antes da menstruação chegar.

Isso pode acontecer porque todos temos a Candida como um microbiota que vive normalmente no nosso organismo, porém, diante das alterações hormonais sofridas pela mulher, nesse período, esse micro-organismo pode se proliferar além da conta e causar os sintomas.

Quando desconfiar que estou com candidíase?

Além da coceira típica, a vulva pode se mostrar inchada e pode-se notar um aumento da vermelhidão local. Também pode haver uma secreção esbranquiçada, parecida com algodão, que não fede (a não ser que já tenha ocorrido infecção bacteriana devido ao ato da coçadura). A coceira é bastante inconveniente e pode até atrapalhar a concentração no trabalho!

Pode acontecer de doer para urinar ou até para transar! A vagina fica sensível e qualquer coisa, fere. Ou seja, mesmo que coce muito, tem-se que evitar a coçadura, senão, além do fungo, acabamos por causar uma infecção bacteriana que vai gerar secreção fétida e mais problemas!

A candidíase é uma doença sexualmente transmissível?

Também. Digo também, porque essa não é a única forma de “pegar” monilíase, como também pode ser chamada essa doença. Como já foi comentado acima, ela convive com a gente normalmente, na maioria das vezes. É claro que alguém com sintomas (já tem pH alterado, e proliferação exagerada dos bichinhos) tem muito mais chance de transmitir a doença. Contudo, como essa não é a única forma de desenvolver sintomas, nada de brigar com o namorado por causa disso! Porém, é bom avisá-lo e usar a camisinha sempre que estiver com algum sintoma ou ainda estiver em tratamento.

Sou virgem e já tive esses sintomas!

Até mulheres sexualmente inativas podem desenvolver a doença. Basta que haja um desequilíbrio hormonal ou uma alteração do pH vaginal por algum outro motivo (estresse, mudanças de comportamento, uso excessivo de calças jeans, demorar muito com biquíni molhado quando vai à praia, etc.) para que o bichinho se prolifere. A Candida é um fungo e adora ambientes quentes e úmidos para se multiplicar.

Ah, eu não quero ter isso!! Como faço para evitar?

Chegamos ao ponto! Evitar a infecção ou a multiplicação desses seres é muito fácil. Temos que ter em mente de deixar nossa “amiguinha” o mais arejada possível e evitar com que fique muito tempo úmida ou abafada.

Abuse dos vestidos e saias. Se for usar calça, melhor usar as de tecido. O jeans abafa mesmo, e a Candida é fã das calças jeans. Use calcinhas de algodão no cotidiano. Evite as muito apertadas. Se for sintética que, pelo menos, o fundo seja de algodão.

Não use aquele protetor diário de calcinha, todos os dias e o dia todo. Se trabalha o dia todo, leve uma calcinha extra para trocar no meio do expediente. Ao contrário do que as propagandas dizem, esse sim, é o único meio de ficar leve e fresquinha o dia todo.

Use sabonete íntimo. Nem que seja, umas três vezes por semana. Ele mantém o pH equilibrado da vagina durante o ciclo todo. Nossos hormônios sobem e descem e isso faz com que nosso pH vaginal também mude.

Na praia: deixe o banho de mar para mais tarde. Ou leve uma parte de baixo extra para trocar.

Ao dormir: pode, sim, deixar a calcinha de lado. Ou usar uma daquelas calcinhas frouxas de tão velhas. No entanto, sou bem mais a favor de jogá-las fora. Dormir sem calcinha é bom pra saúde e ainda provoca o namorado 😉

Se, mesmo depois de todas as dicas, perceber algum sintoma, não perca tempo e procure já um ginecologista. Há tratamentos tópicos (locais, com creminhos vaginais) e sistêmicos (com medicação oral) e são super simples. Não precisa ter medo de ir, não.

Tendo qualquer dúvida, comente aí embaixo que eu respondo.

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s