Ajudar: A Única Saída

Aviso: Se você não me conhece, nem leia. será mais um texto chato sobre mim e meus devaneios.

Quando andamos sempre em linha reta, pelo mesmo caminho, aquilo é seguro, monótono. Já sabemos o que vai acontecer. Vivemos a nossa vida com aquela rotina, cotidianamente repetitiva, e depois reclamamos que nada acontece, nada muda.

O horizonte que queremos ver, depende de para que lado está virado o nosso pescoço. A vida que temos se deve aos atos que exercemos.

Nosso passado não se repetirá se não permitirmos. O difícil é enxergar e absorver o nosso passado. Dói um pouco, né, lembrar o que nos fez sofrer. Só que temos que adotar uma postura meditativa e analisar como se houvesse acontecido com outra pessoa. Assim fica mais fácil analisar.

Seus erros não se repetirão se você se atentar ao fato de que está numa situação completamente nova. Mesmo que ela se pareça com a antiga, ela não é.

Você se lembra como era diferente há dez anos? A “eu” de hoje é bem diferente da “eu” de ontem. Ontem eu curtia um lazy day descabelado no feriado e hoje estou de vestido “de crente”, abaixo do joelho, coque e um postura profissional aqui na empresa.

Aprender com os erros do passado, para não fazer igual no presente e ferrar o futuro. Eu, por exemplo, venho cometendo o mesmo erro várias vezes e sem saber ONDE eu venho errando.

Já fiz terapia, voltei a malhar (origem de todos os meus problemas é ficar longe da academia), estou tentando terapia com florais, homeopatia… e nada. As coisas se repetem o tempo todo. Quanto mais estudo, menos QE eu tenho. E a única solução que me aparece é sempre o “estudar mais” para ver onde estou errando.

Falta de coragem para desapegar e deixar ir. Quanto mais coisas deixamos, mais sábios ficamos. Mas o que deixar pra trás? Budismo diz: expectativas. O Tao diz: a vontade de controlar tudo. Deus diz: o egoísmo.O que concluo: a felicidade está no servir. O “nada por mim”.

Servir aos outros. Deixar de olhar para o próprio umbigo. O “fazer as pessoas felizes” parece ser a única saída para todos os nossos problemas. E talvez eu esteja errada (e errando) mais uma vez. Mas talvez, não.

Então vou esquecer um pouquinho de pensar em mim e procurar alguém para ajudar.

Alguém quer ajuda aí?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s