“Por Que Você se Apaixonou por Mim?”

… Perguntou ela.

Sei lá. Não aconteceu de imediato. A primeira vez que a vi, mal conseguia olhar pra você, de tanta vergonha que eu estava. E ainda te levei naquele lugar lotado, errei feio, né? Mas você agiu naturalmente, dando outra alternativa e acertou em cheio no que eu gostava. Sempre com bom humor, mesmo com as minhas gafes…

Você fingiu não perceber minha gagueira de nervoso. Eu que sou tão fechado, até consegui contar um pouco de mim pra você ainda no primeiro encontro! Algo em você me fez sentir à  vontade, sabe? Você não parecia estar me avaliando, e sim, apenas me ouvindo.

A sua humildade de dizer que não conhece algumas coisas, que não entende outras… e, ao mesmo tempo, falando difícil a todo momento, em um português impecável com frases bem articuladas que combinam com a sinceridade do teu olhar.

Você é uma sofisticada que é simples. Gosta de sushi, mas não se acanha em meter a boca naquele sanduichão e se melar toda de molho. E rir disso! Nossa, quando acontece comigo, quero morrer!

Sabe… com você eu meio que me liberto da minha timidez. Indiretamente, eu vou na sua onda. Quando eu faço alguma besteira você minimiza… quando você faz as suas, você maximiza e ainda faz graça. Acho isso o máximo!

Outra coisa… é bom ter você junto, mesmo quando bebo. Eu sei que você não gosta do álcool, mas você foi a única que não me criticou por eu gostar de beber.  Você não é daquelas caretas que quer que todos sejam iguais. Você respeita as nossa diferenças.

Mesmo eu sendo um cofre com cadeado, e você sendo um livro aberto. Eu preferindo ficar nos bastidores e você no palco. Eu sério, você sorrindo; eu quieto, você agitada; eu com calor e você sempre com frio…

Não sei bem o que me fez apaixonar por você. Talvez tudo isso, talvez nada, talvez sorte. Aconteceu tão rápido que fiquei com medo. Não estava nos planos, sabe? Depois daquela decepção, eu optei por ficar bastante tempo sozinho para me reorganizar… e vem você para me bagunçar mais ainda!

Tive medo, sim. Foi naquela época que me afastei. Além dos outros problemas, os quais eu não queria lhe expor. Você só me trazia alegrias e eu cheio das preocupações. Nem merecia…

Que bom que não desistiu de mim. Acho que no fundo, eu sabia que não iria… pois seria outra decepção e você não parece ser do tipo que magoa pessoas… 😉

Pelo menos, espero que não.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s