Projeto Sete Quilos

Foi no dia 18 de junho, logo após a minha última avaliação física na academia (em que eu consegui aumentar meu percentual de gordura em 2% da última avaliação), que eu decidi colocar o corpo em ordem e ficar como eu preciso ficar para estar satisfeitíssima com mina aparência. Satisfeita eu até que estou, mas em vésperas de espetáculo (novamente, dançando de barriguinha de fora), o corpo tem que estar leve o suficiente para brilhar no palco, SEM DOBRINHAS gostosas.

Confesso que comecei a levar a sério a partir desa última semana, depois de várias “despedidas de gordice”, como um rodízio de crepes que ganhei numa promoção de twitter. E também ficou mais fácil com a ajuda do Contador de Calorias.

Contar calorias é chato, mas por outro lado é muito bom! Você fica consciente de tudo o que ingere, pensa duas vezes antes de se render à tentação e se você se render, sabe que depois vai ter que diminuir a quantidade de calorias das próximas refeições.

Para comer mais à vontade e não ficar com fome, resolvi fazer algumas trocas bem saborosas no meu cardápio. São elas:

Pão francês por pão integral. O meu preferido é o multicereais, aqueles que temos que mastigar bem e dá para sentir o gostinho de tudo o que tem ali: gergelim, quinoa, etc. Em 2 fatias, 50g de pão, você só consome 109 calorias.

Queijo Minas (o enganador) por queijo Cottage. Não é tão saboroso (tem que vá achar ruim), mas fica bem legal se adicionarmos uma salada de alface com tomate e pimentão. Essa salada acrescenta no MÁXIMO, 20 calorias. E em duas colheres (sopa) de Cottage, você consome apenas, 33 (contra as 100, de uma fatia do Minas).

Abandonei, por enquanto, minha paraense e deliciosa farinha de mandioca (farofa), no almoço. Sempre tem, mas eu dou uma de João-Sem-Braço e, até agora, estou conseguindo dar um gelo nela.

Aquelas besteiras de refrigerante e suco de caixa, já deixei há mais tempo, quando decidi não ter mais uma barriguinha saliente. E é incrível a capacidade do meu estômago reclamar quando eu me rendo a essas guloseimas do mal! Sabia que tudo que é de caixa tem altas doses de conservantes? Ruim, né?

Também estou comendo mais frutas frescas, quando dá. Suco, quando tem em casa. Quando como fora, sempre vou no de laranja que dispensa açúcar.

Legal também é dividir a experiência com amigas que estão fazendo dieta também. A gente divide experiências, dicas e tudo isso serve de apoio para continuarmos nosso caminho sem sofrer.

Beijo para as minhas companheiras Amanda e Josie, que estão em ajudando com dicas  e a todos que sempre dão palavras de incentivo! Juntos fica mais fácil!!

Advertisements

2 pensamentos sobre “Projeto Sete Quilos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s