Um dia eu te disse “eu te amo”

Eu ouvi da tua boca de volta. Até pensei se era eco, ou somente uma ilusão, um delírio.

E quando eu te disse “eu te amo” e anotaste a data e a hora.

Um dia eu te disse “eu te amo”, mas releve, eu estava apaixonada.

Andávamos de mãos dadas, beijávamo-nos nas escadas, planejávamos um futuro.

Um dia tu me disseste “eu te amo”.

Assim, de modo inesperado, às cinco horas a manhã, sem motivo, à la Stevie Wonder.

Um dia eu te disse “eu te amo”, e hoje o “eu te amo” reverbera.

Está trancado em minha mente, indo pra lá e pra cá sem poder sair.

O “eu te amo” treme como um louco em caixa acolchoada.

Quer sair, mas não, não vai.

Porém, ele está aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s