Um Luto Inesperado

Uma pessoa muito querida, daquelas que recebem abraços com um sorriso sem jeito, faleceu hoje após um acidente vascular encefálico (“derrame”) fulminante. Eu não me lembro de ela ser hipertensa… parecia tão calma, mas tinha lá suas ruguinhas de tensão na testa. A querida Odaleia, que sempre dava um jeitinho de nos fazer um agrado, vou sempre me lembrar dela nas conversas sobre o balcão, quando nos dávamos as mãos e conversávamos sobre amores, os filhos (dela) e os aparelhos nos nossos dentes.

Goodbye My Friend

Odaleia se transformava. Quando chegava, toda linda, de cabelo solto, muito cheirosa, nem parecia a moça de touca e avental da copa! à tarde, recebi a notícia que tinha tido um AVE e estava na UTI. Nem liguei, pensei em visitá-la e já imaginei ela me contando: “Doutora, foi um susto!”. Mas à noite, recebi a notícia de sua partida. Fiquei chocada. Ela não estava doente, nem parecia!! E PUFT!! Ela não está mais entre nós.

Impossível não ficar pensativa! Imagino  tanto de abraços que dei e nos sorrisos que ela me dava retribuindo o carinho. Ela era tão compreensiva, educada, um amor mesmo… A gente tá ali todos os dias, parece tudo lugar-comum e, muitas vezes, esquecemos que tudo ali é passageiro, inclusive nós. E todo amor é pouco! Todo carinho sempre será pouco na hora da partida.

Hoje mesmo acordei querendo deixar o passado no passado, toda trabalhada na amnésia. E isso acontece. Não, Léia, você não vai cair no esquecimento, muito pelo contrário! Estará, para sempre, viva dentro de nossos corações.

Que esteja muito bem essa hora, que seja recebida por quem mais te ama e que olhe com carinho por nós que ficamos, e hoje sentimos a sua falta, para depois nos encontrarmos em um outro tempo.

Obrigada por tudo.

O Evangelho Segundo o Espiritismo. Cap. XXVII, item 10.
Prece:
“Senhor onipotente, que a tua misericórdia se estenda sobre os nossos irmãos que acabam de deixar a Terra! Que a tua luz brilhe para eles! Tira-os das trevas; abre-lhes os olhos e os ouvidos! Que os bons Espíritos os cerquem e lhes façam ouvir palavras de paz e de esperança!

 

Senhor, ainda que muito indignos, ousamos implorar a tua misericordiosa indulgência para este irmão nosso que acaba de ser chamado do exílio. Faze que o seu regresso seja o do filho pródigo. Esquece, ó meu Deus, as faltas que haja cometido, para te lembrares somente do bem que haja praticado. Imutável é a tua justiça, nós o sabemos; mas, imenso é o teu amor. Suplicamos-te que abrandes aquela, na fonte de bondade que emana do teu seio.
Brilhe a luz para os teus olhos, irmão que acabas de deixar a Terra! Que os bons Espíritos de ti se aproximem, te cerquem e ajudem a romper as cadeias terrenas! Compreende e vê a grandeza do nosso Senhor: submete-te, sem queixumes, à sua justiça, porém, não desesperes nunca da sua misericórdia. Irmão! que um sério retrospecto do teu passado te abra as portas do futuro, fazendo-te perceber as faltas que deixas para trás e o trabalho cuja execução te incumbe para as reparares! Que Deus te perdoe e que os bons Espíritos te amparem e animem. Por ti orarão os teus irmãos da Terra e pedem que por eles ores.”
Retirada de “O Evangelho Segundo o Espiritismo”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s