PARIS – MARIANA – PLANETA TERRA O QUE FAZER?

Essa semana, a humanidade sofreu um choque de realidade. Muitas vezes esquecemos do nível evolutivo da humanidade e de qual mundo ainda vivemos. Vivemos, sabidamente, num mundo de provas e expiação. O nome “provas e expiações” designa a natureza espiritual de seus habitantes, a qual, em sua  enorme maioria, ainda vive em desarmonia com as…

flores-e-rosas

Quando eu me for

A morte é certeza que chega a cada dia, mais perto. Impossível abster-me de certa curiosidade sobre o modo em que partirei. Por doença ou acidente, violência, como seria? Deixo a comando de Deus. Mas e o depois? Apenas espero que tenha cumprido algumas metas. Evoluído a um novo nível. E o que fica? Talvez um legado:…

ftw-500x-orando-pelos-doentes

Prece Pelos Doentes

            77 – Prefácio – As doenças pertencem às provas e às vicissitudes da vida terrena. São inerentes à grosseria da nossa natureza material e à inferioridade do mundo que habitamos. As paixões e os excessos de toda espécie, por sua vez, criam em nossos organismos condições malsãs, freqüentemente transmissíveis pela hereditariedade. Nos mundos mais…

alienação parental

Alienação parental e a perda do poder familiar

 Maria Berenice Dias http://www.mbdias.com.br http://www.mariaberenice.com.br http://www.direitohomoafetivo.com.br Muitas vezes, a ruptura da vida em comum gera, em um do par, sentimentos de abandono, de rejeição. Quem não consegue elaborar adequadamente o luto da separação, sente-se traído, surgindo forte desejo de vingança. Caso os filhos fiquem em sua companhia, ao ver o interesse do genitor em preservar…

Pomba

É Preciso Falar Pouco de Si

Na verdade, quem se interessa realmente pelo que você está fazendo? Cada um vive tão ensimesmado que qualquer um que fale muito de si, mesmo o entusiasta ou o derrotista, na maioria das vezes, vai se incomodar de passar tanto tempo te ouvindo (ou te aturando). Eu faço parte das pessoas que falam demais de…

ESFJ

ESFJ

Pessoas deste grupo costumam ser sociáveis, cooperativas e afetivas. Suas decisões, explica Adilson, colocam as pessoas em primeiro lugar. “Eles se sentem motivados quando conseguem estabelecer e nutrir bons relacionamentos”, diz o professor. A tendência a agir como o “paizão” do time faz com que o ESFJ leve o apelido de “provedor”. “São pessoas calorosas,…