Ativistas no Amor

Muitas vezes nos perguntamos: qual é o significado da vida? Embora as respostas variem, muitos compartilham um fio comum: o amor. Existem muitos tipos de amor – familiar, platônico, romântico -, mas hoje estaremos discutindo amor romântico, particularmente a busca por ele. Consideremos o papel que seu tipo de personalidade pode desempenhar quando se trata…

Nos Anos Dois Mil

Até os anos 2000 eu ainda não tinha namorado. No colégio, eu sentia vontades, mas eram todas dirigidas para artistas que apareciam na TV ou me conquistavam pelas rádios, como Márcio Garcia e Jon Bon Jovi. Em minhas lembranças oníricas, eles realmente foram meus primeiros relacionamentos amorosos. Fazíamos sexo totalmente seguro, apenas telepático e unilateral. Com isso…

Parceria Espiritual

A parceria espiritual é uma jornada compartilhada de amor mais profundo e de aceitação de si e do outro. Começa com o seu próprio processo de cura até encontrar diversos níveis mais profundos de amor, aceitação e perdão direcionados a si e, consequentemente, ao outro. Essa parceria não faz uma diferença entre a vida cotidiana e a…

A Faces do Meu Amor via Personare

AS SUAS FACES DO AMOR SÃO: PHILIA Considerando as suas respostas a este teste, uma face do amor muito poderosa em sua vida é Philia, a trilha do amor-amizade. Isso revela que grande importância é dada às trocas intelectuais, ao diálogo, e que um bom relacionamento demanda necessariamente que a outra pessoa seja o seu melhor amigo.…

Um Roteiro para Ser Feliz no Amor – por Flávio Gikovate

14 de dezembro de 2012 por Flávio Gikovate 1. O amor é um sentimento que faz parte da “felicidade democrática”, aquela que é acessível a todos nós. É democrática a felicidade que deriva de nos sentirmos pessoas boas, corajosas, ousadas etc. A “felicidade aristocrática” deriva de sensações de prazer possíveis apenas para poucos: riqueza material, fama, beleza extraordinária.…

Seu Ex ainda está a fim de você?

Homens são, pelo menos, tão sensíveis quanto nós mulheres à emoção, mas eles encaram isso de forma muito diferente. A maioria dos homens foi treinada desde pequenininha para se distanciarem de suas próprias emoções (exceto da raiva, estranhamente). Eles são incansavelmente zoados, intimidados e agredidos na escola, no playground… até eles pararem de chorar! Pararem…